Depressão: saiba quais são os benefícios dos exercícios físicos

Dr. Luan Diego
,
18 de abril de 2020

Depressão: saiba quais são os benefícios dos exercícios físicos

Você sabia que a depressão atinge cerca de 5,8% dos brasileiros? Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão, até 2020, será a doença mais incapacitante do mundo. Mas você sabe qual o melhor tratamento da depressão?

Ao contrário do que muitos pensam, o transtorno não é tratado apenas com medicamentos. Há tratamentos eficazes para combater a depressão bem simples de serem feitos e um deles é a atividade física. Pensando nisso, preparamos esse artigo para você.

Você vai entender como a atividade física ajuda no tratamento da depressão, quais as melhores atividades físicas para se fazer e seus benefícios. Não deixe de conferir e boa leitura!

A contribuição da atividade física no tratamento da depressão

Que a atividade física é excelente para perder aquelas gordurinhas, todo mundo sabe. Porém, nem todo mundo consegue colocar esses exercícios em dia. Uma pessoa frustrada, cansada ou deprimida, provavelmente, não terá disposição para fazer atividades físicas.

E o que poucas pessoas sabem, é que as atividades físicas são componentes fundamentais para combater a depressão. Isso acontece porque, enquanto a pessoa está se exercitando, o organismo libera serotonina e endorfina. Esses são neurotransmissores que dão sensação de bem-estar e prazer.

Mas, para que a atividade física ajude no tratamento da depressão é preciso que eles sejam feitos de forma regular. Uma boa dica é caminhar três vezes por semana, durante meia hora.

Além da atividade física ajudar no tratamento da depressão, ela também ajuda a prevenir a doença. Isso porque a pessoa ganha massa muscular e aumenta a produção de uma proteína que “transforma” estresse em bem-estar.

Porém, vale ressaltar que cada caso é um caso. É necessário que o paciente seja diagnosticado por um profissional especializado. Assim, ele será capaz de indicar o tratamento para depressão mais adequado. Afinal, o mesmo pode também ser feito por meio de terapias e remédios.

Qual a melhor atividade física para quem tem depressão?

Depois de você saber que as atividades físicas ajudam no tratamento da depressão, deve estar se perguntando “qual será o melhor?”. Aqui está a resposta: os treinos de resistência. Eles não fazem bem apenas para o corpo, mas também para a mente, sendo ótimos para combater a depressão e a ansiedade.

Esses exercícios também combatem doenças crônicas, fortalecem os músculos e os ossos. Vale ressaltar que, apenas os exercícios sozinhos, não são capazes de curar a depressão. Eles são usados no combate e na prevenção.

Mas, quem acha que a única atividade física para combater a depressão é treino de resistência, se engana. Há muitos outros exercícios físicos que são ótimos para ajudar no tratamento da depressão. Vejamos alguns.

Pratique Yoga

A Yoga é excelente para o tratamento da depressão uma vez que ela melhora a flexibilidade. Além disso, a yoga exige mais atenção, evitando os pensamentos negativos. Ela também aumenta a força e melhora o equilíbrio.

A recomendação é que você pratique essa atividade física com a ajuda de um profissional. Ele poderá lhe falar sobre os movimentos e posturas corretas para que você não prejudique nenhuma parte do seu corpo.

depressão

Tai Chi

Os movimentos lentos e suaves do Tai Chi também são ótimos para ajudar o paciente a se libertar da depressão e outros transtornos psicológicos. O Tai Chi praticado em grupo também é ótimo no combate da doença.

Saia do quarto

Se você gosta de ficar ao ar livre, uma boa opção para você mandar embora os pensamentos negativos é saindo do quarto. A dica é praticar jardinagem, jogar bola, lavar o carro ou fazer uma caminhada pelo quarteirão.

Isso acontece porque a luz solar é ótima para melhorar o humor, trazendo qualidade de vida e bem-estar para as pessoas. A luz solar estimula a produção de serotonina, hormônio responsável pelo bem-estar.

Pule

Quer uma atividade simples e divertida para mandar para longe os pensamentos negativos? Então pule corda. Se preferir, você também pode se divertir em uma cama elástica. Basta dobrar os joelhos e saltar alto, durante alguns minutos. Assim, você oxigena o cérebro e mantém as endorfinas fluindo.

Ande de bicicleta

Assim como a caminhada, andar de bicicleta é outra atividade física extremamente saudável. Além de combater a depressão e ser bastante prazerosa, a atividade também melhora o condicionamento físico, previne problemas cardíacos e doenças como a hipertensão.

Mas, vale ressaltar que você também procurar uma atividade que te dá prazer. Faça aquilo que vai te deixar feliz, caso contrário, não vai adiantar. Procure uma que atenda às suas necessidades, respeitando os limites do seu corpo e te dando a energia disponível para seguir em frente.

Não espere para se mexer apenas amanhã. Comece a praticar atividades físicas hoje mesmo. Sua saúde vai agradecer e você vai mandar para longe todos os pensamentos negativos. 

Benefícios da atividade física para a depressão e ansiedade

Deu para perceber que praticar atividade física é ótimo para depressão, não é mesmo? Além dos benefícios citados anteriormente, há outros que podemos destacar com relação a esse assunto.

Para começar, ressalto que os exercícios físicos são ótimos tanto para combater a depressão, como para prevenir a doença. Isso acontece porque, enquanto você está realizando as atividades, o organismo libera dois hormônios. Esses hormônios são fundamentais para o tratamento da depressão.

Um deles é a endorfina, conhecida popularmente como o “hormônio da alegria”. Esse hormônio promove a sensação de euforia, bem-estar e alívio das dores. O segundo hormônio é a dopamina. Esse possui efeito tranquilizante e analgésico.

Os dois possuem influência direta sobre as emoções e o humor. Além disso, os exercícios ao ar livre também são ótimos para combater a doença. Por isso, frisamos anteriormente exercícios em contato com a natureza.

Essas atividades liberam a serotonina. Esse neurotransmissor ajuda a regular nossa temperatura corporal e o nosso humor. Essas atividades garantem energia, motivação, além de diminuir a tensão, a raiva, a confusão da mente e a depressão.

As atividades físicas também ajudam a diminuir os sofrimentos físicos e psíquicos, melhorando a qualidade de vida e o bem-estar. Sendo assim, as atividades físicas são ótimas quando aliada aos outros tratamentos, como a psicoterapia.

Agora você sabe como as atividades físicas ajudam no tratamento da depressão. Até mais!

blank
Dr. Luan Diego

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo novo com prioridade

Receba novos conteúdos do blog direto no seu email
Agendar consulta

Agende uma consulta!

Psiquiatra em Brasília para tratamentos de Crise de Pânico, Depressão e Ansiedade. Verifique a disponibilidade de horários e faça seu agendamento online.
Agendar consulta
[email protected]
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram
0 Compart.
Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin